Navegue pela Home do seu time
As jogadas mais hilárias da temporada

As jogadas mais hilárias da temporada

Chega o final de semana do Pro Bowl e já vai dando aquela “depressão” de saber que a temporada está no fim, e como queremos entrar com o astral lá em cima para a semana do Super Bowl, escolhemos as jogadas mais hilárias da temporada. Teve passes para -5 jardas, kickoff para touchdown, onside kick fail, e mais alguns lances que só nossos “melhores” jogadores podem proporcionar. Vamos lá?

Passes mais ridículos da temporada: 

Russell Wilson já tem um anel de Super Bowl e nunca ficou fora dos playoffs, já Ryan Tannehill nunca jogou uma pós-temporada, uma vez que ele teve uma contusão na primeira vez da equipe desde 2008. Mas os dois tem algo em comum: a capacidade de tentar dar um passe e mesmo sem pressão fazer uma coisa que não sabemos como descrever. Vale ressaltar que eram passes curtos e sem quase nenhuma dificuldade.

O lance com Russell Wilson aconteceu na partida contra o San Francisco 49ers, e quando ele tentou um passe curto para frente a bola grudou por milésimos de segundo na mão dele depois soltando. Foi cômico, parecendo que ele estava dando uma chicotada em alguém. Já o de Tannehill conseguiu ser pior, pois a bola se soltou magicamente para trás e sem nenhuma marcação, indo umas 6 jardas para trás. Se o do Wilson foi cômico, que adjetivo usar para o “fail pass” do Tannehill?

Trick Play “malandrinha” para interceptação: 

O Los Angeles Rams foi uma “piada pronta” esta temporada, e na 15°  semana a equipe tentou uma trick play contra o Arizona Cardinals. Tudo certo com Jared Goff, que passou a bola para Pharon Cooper lançar para Todd Gurley. Só esqueceram de combinar com a equipe adversária, que interceptou o passe na linha de 15 jardas e avançou até as 30 do campo de ataque.

ac

Kickoff para touchdown:

Para quem pensa que a temporada do New York Jets foi um fracasso, está aí um lance que só a equipe conseguiu realizar: um kickoff para touchdown. A equipe vencia o Buffalo Bills pela última partida da temporada regular e Nick Folk chutou o kickoff. O time especial do Bills se atrapalhou e não pediu fair catch, para que paralisasse a jogada, e a bola foi até a end zone. Os jogadores só se esqueceram que ao contrário do punt, quando acontece isso a bola está viva, e o Jets foi lá e pegou a bola. A marcação foi “onside kick para touchdown”. Inacreditável!

A “zebra louca”:

Jacksonville Jaguars e Houston Texans se enfrentavam pela semana 15 e Blake Bortles deu um passe incrível de 40 jardas para Allen Robinson que “DROPOU” a bola. Porém o defensor interferiu no passe segundo um dos braços de Robinson na end zone, ocasionando a famosa “pass interference”. O árbitro de linha rapidamente jogou a “flag” e o árbitro principal ativou seu microfone e decretou: “Interferência no passe do número #31 da defesa, penalidade declinada… Touchdown”What???? Alguns segundos depois ele revisou sua chamada colocando a bola na linha de uma jarda.

Onside kick “mítico”:

O Pittsburgh Steelers estava perdendo para o rival Ravens por uma posse, e com 48 segundos no relógio iria tentar um onside kick. Mas Chris Boswell foi lá e tentou dar uma “trivela” na bola, que se moveu três polegas. Bravo, ele ainda foi lá e deu uma “bicuda” enganando seus companheiros que tentaram de todas as formas recupera-la. Foi um dos lances mais engraçados do ano!

O dia que os field goals não queriam entrar:

Parece que o espírito do bom e velho “Chaves do 8″ resolveu incorporar em Steven Hauschka e Chandler Catanzaro no duelo entre Cardinals e Seahawks, e depois de um empate em 6 a 6 e de uma prorrogação “emocionante” a partida acabou empatada. Agora você pergunta: Por que foi engraçado? A resposta é que quando faltavam 3’34 para o fim do overtime, Catanzaro teve a chance de um field goal que poderia dar a vitória ao Cardinals, mas mesmo sendo de apenas 24 jardas ele chutou “na trave”! Depois foi a vez de Hauschka devolver o favor, e com a bola a 28 jardas da vitória ele chutou MUITO longe do “Y”. A partida acabou empatada e o semblante do Pete Carroll virou um dos melhores memes do ano.

ab

Atropelamento de sonoplasta: 

Era uma vez um sonoplasta da Fox Sports que queria captar o melhor som da entrada do Minnesota Vikings, e percebeu que do outro lado do “túnel” da entrada da equipe captaria um som melhor. Ele pensou: “Vou atravessar correndo bem rápido”. O fim da história creio que todos sabem. Pesado… mas foi engraçado vai…

ag

Tyrod Taylor e o snap mais sensacional de 2016:

Essa temporada tivemos muitos snaps ruins, mas teve um que ficará para a história. O Bills enfrentava o Rams e tinha a posse de bola na linha de 38 jardas do campo de defesa. Eis que o “jênio” Tyrod Taylor alinha seu ataque, e ao invés de se posicionar atrás do center vai para trás do guard e solta o famoso “hut”. A bola passa do lado dele em uma cena inesquecível! Coitado do Rex Ryan

Posts Relacionados

Agência Livre: Os cinco melhores safeties Mais uma edição de nossa série da agência livre, desta vez sobre os safeties. Responsáveis pela cobertura dentro de campo e também por alguns ataques ...
Blount comanda o eficiente ataque terrestre dos Pa... Desde 2001, New England Patriots é a franquia com os melhores resultados da NFL. Com quatro títulos do Super Bowl nos últimos 15 anos, o time do trein...
Seahawks deve perder escolha de segunda rodada do ... Se tem uma coisa que a NFL leva a sério são suas normas de conduta e transparência nos relatórios de lesões durante a temporada, e exatamente pelo por...
Revanche: Dan Quinn encontra novamente Belichick e... Chegando ao seu terceiro Super Bowl em quatro anos, o técnico do Atlanta Falcons, Dan Quinn, está preparado para conseguir sua "vingança" após a derro...
Banco libera US$ 1,9 bilhões para Raiders construi... Parece que a mudança do Oakland Raiders está voltando a pauta na reunião anual dos proprietários da NFL no final de março. E tudo graças a um novo par...
Brady chora ao ser entrevistado por uma criança Joseph Perez, de apenas sete anos, fez o que muitos jornalistas não conseguiram ao longo de anos de carreira: arrancar lágrimas de Tom Brady. O garoto...
Leopoldo Scremin

Leopoldo Scremin é jornalista com passagem por diversas plataformas de comunicação (rádio, jornais e televisão).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014