Navegue pela Home do seu time
Bell dá entrevista falando de sua volta

Bell dá entrevista falando de sua volta

MKC

Parem as máquinas! Esta expressão – pouco utilizada no Brasil atualmente, uma vez que os jornais impressos são cada vez menores – deve ter sido dita na manhã de hoje nos jornais de Pittsburgh, afinal, segundo fontes relataram a ESPN Americana Le’Veon Bell voltará à equipe.

Acreditando que será mais fácil assinar um novo contrato se estiver jogando, o corredor que não se apresentou para assinar sua franchise tag este ano deve voltar entre as semanas 7 e 8. Em declaração por telefone, Bell disse que odeia ficar longe do futebol e que ficar fora durante toda a temporada nunca foi um plano.

“É uma droga ter que ficar de fora do futebol”, disse Bell por telefone do sul da Flórida. “Eu quero jogar. Eu quero ganhar os jogos e os playoffs. Mas eu tenho que assumir essa posição. Conhecendo o meu valor e sabendo que posso romper um ligamento ou fazer uma cirurgia a qualquer momento, eu sabia que não poderia jogar 16 jogos com 400 ou mais toques.”

O Steelers voltaram a trabalhar em sua negociação no início da semana, uma vez que após a lesão de Earl Thomas, ele fez um comentário que dava a entender que não voltaria mais ao time da Pensilvânia. Porém Bell garantiu que não tem interesse em defender outra equipe, como supostamente é cogitado. Inclusive disse que espera “se aposentar na equipe de Pittsburgh”.

Eu poderia ser ingênuo ou esperançoso, mas no final eu sinto que é o que vai acontecer”, disse Bell sobre uma renovação de contrato. “Eu não acho que eles realmente querem que eu vá embora. Isso poderia ser eu sendo orgulhoso. Mas eu ainda estou esperando por uma oferta.”

LeVeon_Bell_not_willing_to_play_under_franchise_tag_with_Pittsburgh_Steelers__1_.0

O Steelers chegaram a fazer uma oferta alta para Bell na offseason, chegando a U$ 70 milhões por 4 anos. Mas o que emperrou as negociações foram as garantias finais do contrato, que chegaram a U$ 17 milhões, muito pouco segundo o agente do atleta. Jogadores do seu nível, como Todd Gurley e David Johnson receberam U$ 31 milhões e U$ 45 milhões garantidos, respectivamente.

Além do dinheiro que Bell está perdendo, cerca de U$ 853 mil por partida, sua imagem começa a ser arranhada. Patrocinadores e fãs da cidade estão começando a culpá-lo pela má fase da equipe, que tem apenas uma vitórias em quatro jogos. Bell também falou a respeito deste “marketing negativo”.

“Está me custando alguns fãs”, disse Bell. “Muitas pessoas me chamam de egoísta, mas eu realmente não sou. Eu estou fazendo isso por jogadores como eu e por caras que não entendem o que está acontecendo em relação aos negócios do futebol. Os 22 anos que eu tenho jogado futebol me agregam valor e, não acho que os Steelers estejam valorizando tanto isso.”

Mesmo não querendo uma troca, Bell disse estar ciente das equipes que buscaram contato com o Steelers. Ele está treinando duro e mantém a forma. Segundo a fonte ele deve se apresentar na semana 7 justamente para ter uma semana de treinos com a equipe, já que é o “bye week” do Steelers. Isto se confirmando, o corredor All-Pro que tem a maior média da NFL – 128,9 jardas por partida nas cinco primeiras temporadas  – pode voltar a defender o Steelers contra o Cleveland Browns.

“Eu sei que o dinheiro garantido estará lá (na agência livre do ano que vem)”, disse Bell. “Sei também do interesse do Jets, 49ers, Colts, Browns e Eagles. No futebol, você precisa de um pouco de treino para se entrosar novamente com o Ben (Roethlisberger) e com a linha ofensiva. Sinto-me forte, explosivo, rápido. Acho que a coisa mais importante para mim agora é que meu estado mental.”

Esta entrevista de Le’Veon Bell dá tranquilidade – pelo menos momentânea – aos fãs da franquia, que viram seu ataque terrestre correr apenas 19 jardas totais contra o Baltimore Ravens no último domingo. Para completar, Bell falou sobre o vestiário, já que alguns jogadores da linha ofensiva reclamaram de sua postura.

“Eu tenho um bom relacionamento com os jogadores da equipe”, disse Bell. “Eles provavelmente acham que eu os fiz ‘corpo mole’. Mas eu acho que eles entendem a decisão. Eles disseram algumas coisas na mídia, mas não estou muito chateado com isso. Foi um pouco decepcionante, mas eu entendo o lado deles. Espero que eles consigam entender o meu lado.”

Agora resta aos fãs do Steelers esperarem mais três semanas para contarem com Bell no elenco. Lembrando que com ele se apresentando na semana 7, consegue cumprir o estabelecido para se tornar um agente livre em 2019. Vale lembrar também que James Harrison, há uma semana deu um conselho um pouco desleal para o atleta. Harrison disse que “se fosse Bell se apresentava no prazo estabelecido e depois fingiria uma lesão”. Vamos aguardar os próximos capítulos.

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br .

TEST3

Posts Relacionados

Dispensado pelos Browns, cornerback diz que assino... Ele foi dispensado pelo Cleveland Browns, mas ficou apenas algumas horas sem emprego até assinar um contrato de três anos com o Pittsburgh Steelers. O...
Rihanna disse não ao Super Bowl por Kaepernick Muitos sabem que o show do Super Bowl LIII será o da banda Maroon 5, mas o que poucos sabem - e ficarão sabendo a partir de agora - é que eles não...
O Steelers não precisa mais de Bell Sabe quando você rompe aquele namoro e algumas semanas depois sua (seu) ex-namorada (do) arruma outro (a) mais bonito (a)? Vocês nunca devem ter p...
A mais vendida Parem as máquinas! De costura, pois a produção agora é outra. Depois do monopólio de Tom Brady e Peyton Manning, parece que temos um novo campeão de v...
Draft 2017: Steelers e Bills escolhem quarterbacks No último dia de Draft uma maratona da quarta a sétima rodada, e as equipes - com muito pouco tempo no relógio - estão fazendo suas escolhas. E até a ...
O “homem dos mil pares de tênis” está ... O recebedor Corey Coleman está novamente desempregado. O "colecionador de pares de tênis" que protagonizou um dos episódios do Hard Knocks desta t...
Leopoldo Scremin

Leopoldo Scremin é jornalista com passagem por diversas plataformas de comunicação (rádio, jornais e televisão).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014