Navegue pela Home do seu time
Bengals é o favorito da AFC Norte?

Bengals é o favorito da AFC Norte?

MKC

Que acompanha o Cincinnati Bengals sabe que a equipe nunca pode ser descartada de uma aparição nos playoffs. Desde a chegada de Andy Dalton em 2011 foram cinco aparições consecutivas, mas nenhuma vitória na pós-temporada. Nos dois últimos anos foi diferente, acumulando apenas 13 vitórias em 32 jogos. No entanto, parece que após uma restruturação o Bengals está de volta ao jogo.

E as chances de levantar a AFC Norte este ano parecem bem promissoras, uma vez que sem contar com alguns atletas que “marginalizavam” o vestiário a equipe vive uma nova fase dentro e fora de campo.

A defesa foi dominante nos dois primeiros jogos, forçando a pressão contra os quarterbacks adversários. Contra uma linha ofensiva renovada do Indianapolis Colts sofreu um pouco, mas dentro de casa contra o Baltimore Ravens foi extremamente eficaz, aplicando sacks em Joe Flacco por quatro vezes na partida, inclusive forçando um fumble.

Geno Atkins está sendo o melhor da equipe para pressionar  o quarterback adversário e atrapalhar o jogo aéreo. Contra o Colts chegou uma vez em Andrew Luck, já contra o Ravens alcançou Flacco por duas vezes. Além dele, Carlos Dunlap, Shawn Williams e Sam Hubbard também já contam com sacks na temporada.

Interceptações foram três, méritos desta pressão exercida o pelo Bengals. Fumbles forçados foram dois, mas o que chama a atenção são os tackle for loss, quando a defesa aplica o tackle nos corredores antes deles ultrapassarem a linha de scrimmage. No total foram onze ultrapassando 40 jardas, número expressivo.

GettyImages-454956378.0

Mas o ataque é o que mais chama a atenção da equipe. Com a segunda rodada do Draft 2017, trouxeram o polêmico John Mixon, que teve um incidente que poderia ter acabado com sua carreira no College. Longe de encrencas e se declarando um “novo homem”, o corredor deu a opção que faltou nas últimas duas temporadas da equipe, que coincidentemente ou não foram as piores dos últimos dez anos.

Mixon foi muio acionado na semana 1, quando foi o destaque da equipe na partida. Além de correr para 95 jardas, com média de 5,9 por corrida, também recebeu 54 jardas em passes que desafogaram o ataque. Quando você conta com um talento como ele na trincheira, seu quarterback não sofre tanto com blitz, uma vez que nesta situação qualquer corrida pode lhe dar um ganho de mais de 20 jardas.

Vale ressaltar que Mixon fez uma artroscopia, o que lhe deixará de fora da semana 3 e possivelmente da 4. Mas ainda é muito cedo para garantir que ele não jogue contra o Atlanta Falcons.

E como não apostar em uma conexão que desde sua estreia faz sucesso. AJ Green e Andy Dalton batem recordes juntos desde sua estreia na liga. Na partida contra o rival Ravens foram 3 touchdowns dos dois, número muito expressivo uma vez que aconteceram no primeiro tempo. Tyler Boid também passa por ótima fase e a equipe ainda conta com a profundidade de John Ross, recordista do “tiro de 40 jardas” do NFL Combine.

A equipe agora encara duas partidas seguidas contra adversários da NFC Sul: Carolina Panthers e Atlanta Falcons. Se voltar de viagem com pelo menos uma vitória já poderemos colocá-los como favoritos para a divisão, uma vez que jogará quatro das cinco partidas em casa. Fiquem de olho, pois o Bengals tem uma time digno de vencer a AFC Norte deste ano.

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br .

TEST3

 

 

Posts Relacionados

Quarterback calouro anota touchdown e Texans vence... O Houston Texans se recuperou da pesada derrota para o Jacksonville Jaguars na Semana 1 e conseguiu uma vitória fora de casa sobre o Cincinnati Bengal...
No Seahawks antes da prisão Contamos aqui sobre como um jogador que venceu um Super Bowl e que tinha uma carreira respeitável, jogou tudo para o alto por um lucro de U$ 1,2 m...
Como conter o hype de “Broadway Sam”? Um velho ditado diz que "para quem não tem nada, pouco é muito" e isso se encaixa perfeitamente com a atual situação de Sam Darnold.  Não que o jo...
Rodgers lesionado comanda virada sensacional O que falar de um quarterback que sai de campo no início do segundo quarto com uma suspeita de lesão nos ligamentos do joelho, volta do vestiário ...
Os erros que tiraram a chance de Prescott chegar a... Quando Bill Belichick descobriu em uma escolha de sexta rodada um talento enorme, não teve dúvidas em trocar o consagrado Drew Bledsoe, que contav...
Os 8 odiados da NFL 8 - DeSean Jackson, wide receiver, Washington Redskins O jogo entre Packers e Redskins foi o mais "normal" entre as quatro partidas de Wild Card ...
Leopoldo Scremin

Leopoldo Scremin é jornalista com passagem por diversas plataformas de comunicação (rádio, jornais e televisão).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014