Navegue pela Home do seu time
Duas semanas após fechar com os Bills, veterano anuncia aposentadoria

Duas semanas após fechar com os Bills, veterano anuncia aposentadoria

O veterano wide receiver Anquan Boldin anunciou que está deixando o futebol americano. O jogador decidiu pela sua aposentadoria duas semanas após fechar com o Buffalo Bills para a temporada 2017. Boldin encerra a carreira após 14 temporadas na liga e com um anel de Super Bowl.

Boldin era um grande reforço para o ataque dos Bills nesta temporada e também fazia parte de um objetivo da franquia colocando uma mentalidade vencedora na comunidade. O gerente geral Brandon Beane divulgou um comunicado oficial sobre a decisão do ex-jogador. “Respeitamos a decisão de Anquan de se aposentar da NFL. Agradecemos o tempo que ele passou conosco nas últimas duas semanas. Ele é um dos melhores receivers que já jogaram esse jogo e desejamos o melhor para ele e sua família no futuro”, declarou Beane.

Anquan Boldin esteve na NFL por 14 temporadas e defendeu quatro times diferentes, além do Buffalo Bills, franquia que defenderia em 2017. Ele foi selecionado em 2003 e estreou pelo Arizona Cardinals sendo eleito calouro ofensivo do ano. Depois de sair dos Cardinals em 2009, foi jogador do Baltimore Ravens entre 2010 e 2012 e lá conquistou seu único título, no Super Bowl XLVII. No ano seguinte foi para o San Francisco 49ers, justamente o time derrotado por ele e os Ravens no Super Bowl anterior, e ficou até 2015 nos Niners. Na última temporada esteve no Detroit Lions.

Confira o comunicado oficial do agora ex-wide receiver, divulgado pelo repórter Jim Trotter da ESPN:

“Futebol americano em sua pura forma é o que nós todos lutamos como uma nação. Pessoas de diferentes raças, religiões e histórico trabalhando juntos por um objetivo compartilhado. Os principais valores ensinados no futebol americano são alguns dos mais importantes que você pode ter na vida. Estar sempre lá com o cara do seu lado e nunca deixar seu companheiro caído. Você faz o que for preciso para ter a certeza de que seu irmão está bem.

O futebol americano me proporcionou uma plataforma durante a minha carreira para ter um grande impacto no trabalho humanitário. Neste momento sinto a vontade de fazer da grande luta pelos direitos humanos uma prioridade. Meu propósito de vida é maior que o futebol americano.”

Posts Relacionados

Patriots pode assinar com running back do Bills Parece que a lista de Bill Belichick para a posição de running back ganhou mais um nome forte e de um rival de conferência. Trata-se de Mike Gillislee...
Exemplo de superação anuncia aposentadoria Um dos atletas mais questionados em seu período de Draft anunciou a aposentadoria. Após chegar a NFL como uma das últimas escolhas do Draft 2008 e sof...
Catanzaro acerta o pé e Cardinals derrotam os Nine... No duelo da NFC Oeste da semana 10 da NFL, o Arizona Cardinals sofreu com os turnovers, mas conseguiu superar o San Francisco 49ers por 23 a 20, no Un...
Uma das rivalidades mais quentes do mundo esportiv... Uma rivalidade que começou antes mesmo da existência de um dos times. Quando Baltimore Ravens e Pittsburgh Steelers se encontram, você pode esperar um...
Dono do Giants explica porque Kaepernick ainda est... Desde o início da agência livre muito tem se falado de Colin Kaepernick, que ficou famoso na liga por levar o San Francisco 49ers ao Super Bowl e prin...
Cowboys, Redskins e Chargers vencem, vejam os dest... Três jogos aconteceram na noite de sexta-feira (19) pela segunda semana da pré-temporada da NFL. Coincidentemente, dois times da NFC Leste venceram. O...
Redação Entre Jardas

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014