Navegue pela Home do seu time
Lynch por Hogan: 26° escolha pela 162° do Draft 2016

Lynch por Hogan: 26° escolha pela 162° do Draft 2016

Traktor EJ (2)

O maior bust dos últimos anos. É assim que a imprensa do Colorado está tratando a dispensa de Paxton Lynch, primeira escolha do Broncos no Draft 2016 (26° geral) após duas temporadas do “grandalhão” com a equipe.

Em época conturbada e com difíceis decisões a tomar, o Denver Broncos foi ao draft 2016 sem ter um quarterback titular. Na verdade não tinha nem o reserva, uma vez que Peyton Manning havia se aposentado logo após vencer o Super Bowl e seu reserva imediato, Brock Osweiler, que havia jogado cinco partidas pela temporada regular daquele ano estava deixando a equipe por um contrato muito alto.

Na agência livre a equipe trouxe Mark Sanchez, já em fim de carreira. Também – segundo John Elway relatou em depoimento em abril deste ano – tentou a contratação de Colin Kaepernick, que na época acabara de deixar o San Francisco 49ers. Então se viu em posição de escolher um quarterback, dando uma trade up e pegando o quarterback da Memphis University.

Paxton era projetado para a segunda rodada, mas como algumas equipes que tinham a necessidade de um quarterback estavam posições a frente do Broncos, Elway não quis esperar. Trouxe Lynch para compor seu elenco com o até então terceiro reserva Trevor Siemian e o veterano Sanchez. Não deu certo.

No seu primeiro campo de treinamento ficou gritante a dificuldade dele entender as chamadas para comandar o ataque. Antes da primeira semana da pré-temporada de 2016 o Broncos já anunciava que Siemian seria o titular, coisa que mudou só quando ele se lesionou. Veio 2017 e até o repatriado Brock Osweiler, que vinha de uma temporada decepcionante no Houston Texans passou à frente dele. O ponto final da história chegou quando Lynch perdeu a posição de reserva para o “Mr. Irrelevant” Chad Kelly, no início da pré-temporada deste ano.

Brock Osweiler, Paxton Lync

No mesmo momento em que Paxton era dispensado a equipe já requeria nos waivers o quarterback Kevin Hogan, escolha de quinta rodada daquele Draft. A história de Hogan é muito engraçada e um pouco trágica, Ele havia sido escolhido pelo Kansas City Chiefs na quinta rodada, mas foi cortado pouco antes da lista final. O Browns, que acabara de dispensar Johnny Manziel e que havia escolhido Cody Kessler na terceira rodada do Draft de 2016, buscou-o no waivers para ser reserva de Josh McCown e Kessler.

Mas veio a a quinta semana e em um jogo contra o Cincinnati Bengals ele entrou em campo para substituir o lesionado Kessler. No dia ele foi interceptado duas vezes, porém bateu o recorde de jardas corridas para touchdown de um quarterback na franquia (26 jardas) e foi o segundo quarterback da história do Browns a correr para mais de 100 jardas. Em 2017 foi nomeado o reserva de DeShone Kizer, sendo trocado com o Washington Redskins no início deste ano.

A questão de Paxton ser um bust em Denver se torna ainda maior quando os fãs começam a se lembrar que Dak Prescott foi escolhido apenas na quarta rodada, bem depois dele e em seu primeiro ano foi eleito para o Pro Bowl. Elway declarou que tentou uma troca, mas nenhuma equipe se mostrou interessada. Provavelmente ele terá mais uma chance na liga, resta saber se ele irá aproveitar.

 

Posts Relacionados

“Peso nos ombros” Após assinar o maior contrato de um wide receiver na história da NFL, Odell Beckham Jr falou pela primeira vez com a imprensa. O jogador de 25 ano...
Defesa do Broncos “magoou” e promete v... Quem está do lado de cá da televisão adorou o lance de ontem quando o defensive tackle Dontari Poe do Kansas City Chiefs entrou no lugar de Alex Smith...
Josh Norman se impressiona com Sam Darnold: “... Se existe alguém na NFL que não gosta de seus adversários, este alguém é Josh Norman. Um dos melhores cornerbacks da liga, o atleta do Washington Reds...
Dia de revanche! “Este jogo não é o Super Bowl”, disse Greg Olsen abrindo a coletiva de imprensa. Talvez não seja, mas depois da derrota por 24 a 10 no Super Bowl 50, ...
Titans gigante, para o campeão e mira os playoffs Quem há dois anos diria que o Tennessee Titans venceria o atual campeão do Super Bowl e estaria muito próximo dos playoffs. Pois está, e depois de ven...
O pedido de desculpas de Manning Muitos tiveram o prazer de ver Peyton Manning jogando. Alguns começaram a assisti-lo em seus últimos anos em Denver, outros o viram em sua melhor époc...
Leopoldo Scremin

Leopoldo Scremin é jornalista com passagem por diversas plataformas de comunicação (rádio, jornais e televisão).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014