Navegue pela Home do seu time
Morre uma das maiores lendas da NFL

Morre uma das maiores lendas da NFL

anuncio_new_era_fundo

Quando vemos um time de futebol americano, pelo menos 50% é composto por afro-americanos, certo? Pois nem sempre foi assim. Apenas em 1949 um afro-americano foi escolhido no NFL Draft, e ele nos deixou. Segundo a George Taliaferro Sport Association, o lendário Giorge Taliaferro faleceu na noite de ontem aos 91 anos.

Torcedor do Chicago Bears, Taliaferro não aceitou a convocação na 13° rodada do Draft de 1949, uma vez que já havia assinado um contrato com o Los Angeles Dons, da All-America Football Conference. Ele entrou na NFL em 1950 e defendeu o New York Yanks (50-51), Dallas Texans (52), Baltimore Colts (53-54) e Philadelphia Eagles (55). 

Mas não foi ser o primeiro afrodescendente a ser escolhido no Draft que o tornou uma lenda. Taliaferro – segundo ele próprio afirmava – foi o primeiro e único atleta da liga a jogar em sete posições diferentes: quarterback, running back, wide receiver, punter, kick returner, punt returner e defensive back.

Sem título

Em sua carreira ele atingiu números importantes (para a época), como 2.266 jardas correndo, 15 touchdowns terrestres, 95 recepções para 1.300 jardas e 12 touchdowns. Também – como quarterback – lançou para 1.633 jardas e 10 touchdowns. Como na época não eram anotadas as estatísticas de tackles e sacks, não podemos dimensionar em números suas atuações na defesa. Mas ele foi eleito por três vezes consecutivas ao Pro Bowl (51, 52 e 53).

Defendendo o Indiana Hoosiers no College, se tornou o primeiro afro-americano a liderar a Conferência Big Ten em jardas terrestres. No mesmo ano – 1945 – sua equipe foi a primeira da história a terminar uma temporada sem derrotas (9-0-1) e ele foi eleito All-American. 

Jim Irsay, proprietário do Indianapolis Colts foi uma das primeiras personalidades da liga a prestar homenagem a ele, via Twitter: “Descanse em paz George Taliaferro”, escreveu Irsay. “Não apenas o primeiro afro-americano no Draft, mas também o segundo quarterback afro-americano da história. Um pioneiro e um verdadeiro cavaleiro. George nos agraciou com sua presença em um recente jogo nosso em casa. Uma das nossas últimas ligações com o futebol profissional dos anos 40 e 50. #RiP”.

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br .

TEST3

 

 

Posts Relacionados

As maiores surpresas da semana 5: Findada mais uma semana, a NFL nos trouxe algumas surpresas. Claro que os favoritos Los Angeles Rams e Kansas City Chiefs superaram seus adversári...
Como Paul Allen salvou o futebol de Seattle   Na semana passada recebemos a triste notícia da morte de Paul Allen, uma figura de extrema importância no mundo. Quando falamos "mundo",...
DeSean Jackson começa lobby para manter Fitzpatric... A semana três está chegando e logo após o Monday Night Football acabará a suspensão de Jameis Winston, primeira escolha geral do Draft 2015 e titu...
Melhor que Drew Brees? Uma declaração na tarde de hoje chamou muito a atenção. Ela dizia que Baker Mayfield pode se tornar um quarterback melhor que Drew Brees, futuro H...
Mais um motivo para o Raiders continuar perdendo Quando você não tem uma linha ofensiva confiável devido a lesões e recebedores desentrosados com seu quarterback, um grande caminho para vencer os...
O Steelers não precisa mais de Bell Sabe quando você rompe aquele namoro e algumas semanas depois sua (seu) ex-namorada (do) arruma outro (a) mais bonito (a)? Vocês nunca devem ter p...
Leopoldo Scremin

Leopoldo Scremin é jornalista com passagem por diversas plataformas de comunicação (rádio, jornais e televisão).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014