Navegue pela Home do seu time
Pai de Brady ofende comissário Goodell

Pai de Brady ofende comissário Goodell

Mentiroso, leviano, e um homem sem ética. Estes foram alguns dos adjetivos que o pai de Tom Brady utilizou para classificar o comissário da NFL, Roger Goodell, em entrevista a uma rádio de San Francisco. Como todo pai, Tom Brady Sir não escondeu as mágoas que guarda do comissário pela “caça às bruxas” de Goodell contra seu filho no caso do Deflategate, e com a proximidade do Super Bowl e a possibilidade de Brady e Goodell se encontrarem no pódio, o assunto deve se tornar cada vez mais recorrente.

“Foi em uma caça às bruxas e ele teve que mentir de várias maneiras para conseguir punir Tommy”, disse o pai de Brady sobre a postura do comissário e principal mandatário da NFL. “A realidade é que Tommy nunca foi suspenso por esvaziar bolas. Ele foi suspenso porque o tribunal disse que ele poderia ter feito, sem provas, e Roger Goodell queria provar que ele poderia punir qualquer jogador por qualquer motivo. Foi isso que aconteceu. A NFL admitiu que eles não tinham nenhuma prova contra ele.”

Pouco antes da entrevista, em Foxboro, Brady foi perguntado a respeito do assunto e se Goodell era uma motivação em especial, mas o quarterback tetra campeão do Super Bowl deixou claro que não, e suas únicas motivações eram sua família e seus companheiros. Porém o pai de Brady não poupou o comissário, dizendo que além de não ter ética era um mentiroso.

“Deve ser uma honra entregar o troféu ao meu filho”, se referindo a entrevista de Goodell no início da semana. “Porque alguém que tem a ética de Roger Goodell não está no mesmo estágio que Tom Brady. Goodell mentiu constantemente sobre o assunto, e isto é altamente preocupante.”

ab

Questionado pelos radialistas se aquilo era a palavra de um observador ou um pai, Brady Sir deixou claro que o ressentimento aflora principalmente por ter acontecido com seu filho, mas que se fosse com o filho de qualquer outra pessoa ele também estaria ao lado da “vítima”.

“Quando acontece com seu filho, é um contexto totalmente diferente – ou com a sua filha ou qualquer um de seus filhos”, ele disse. “Acho que qualquer pai entende isso. Eles preferem levar pedradas e flechadas no coração do que ver seus filhos levando. Porém se fosse filho de qualquer outra pessoa estaria ao lado deles, pois ficou claro que foi uma grande injustiça a punição de Tommy”.

“Tommy” e o New England Patriots enfrentam o Atlanta Falcons no próximo dia 05 de fevereiro no NRG Stadium, em Houston, pelo Super Bowl LI, e você pode acompanhar todos os detalhes aqui no Entre Jardas.

 

Posts Relacionados

Revis projeta temporada no Steelers após ter acusa... Depois de ser acusado de quatro crimes, incluindo "ameaça terrorista", o futuro Hall da Fama Darrelle Revis está livre para projetar seu futuro na NFL...
Tom Brady responde sobre aposentadoria ao fim da t... O quarterback Tom Brady completou 40 anos no dia 3 de agosto de 2017 e está em sua 18ª temporada pelo New England Patriots na NFL. O momento de se apo...
Matt Ryan pede conselhos para “irmãos Mannin... Vale tudo quando o assunto é Super Bowl, e Matt Ryan não teve  vergonha de pedir ajuda a Peyton Manning para vencer pela primeira vez o Super Bowl. Em...
Panthers derrubam os Patriots em Foxborough O Carolina Panthers é o segundo time na temporada a vencer o New England Patriots em pleno Gillette Stadium. Em jogo muito disputado, um field goal co...
Calouro brilha e Chiefs derrubam os Patriots fora ... A temporada do Kansas City Chiefs começou da melhor maneira possível para a franquia. Vitória incontestável e com autoridade sobre o atual campeão e t...
Dion Lewis: Atuação coroa luta para voltar a jogar... Uma das revelações da equipe na temporada 2015-2016 foi o grande destaque da estréia do New England Patriots nos playoffs da atual temporada. Com três...
Leopoldo Scremin

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014