Navegue pela Home do seu time
Rodgers volta a falar sobre a polêmica renovação

Rodgers volta a falar sobre a polêmica renovação

No início dos treinamentos veio a tona um assunto delicado e que interfere no futuro da NFL. O contrato de Aaron Rodgers se encerra em 2019 e seus agentes já estavam começando a negociar uma extensão com o novo front office do Green Bay Packers. Caso não exista acordo Rodgers se torna agente livre em 2020.

Rodgers renovou pela última vez com a equipe em 2013, com um contrato de U$ 110 milhões, mas de lá para cá muita coisa mudou, principalmente em relação aos salários na NFL. Seus agentes trabalham com alguns formatos de negociação junto ao Packers e alguns modelos, sendo um deles inédito na liga chama a atenção.

Uma das ideias é que Rodgers poderia fechar um contrato em que ele recebesse percentual do teto salarial da equipe. Isso mesmo, a ideia é que Rodgers receba entre 18% e 20% do salary cap por ano, com seu reajuste anual sendo feito pela NFL, ou seja, todo ano. No ano passado, por exemplo o teto foi de U$ 167 milhões, já esse ano subiu para U$ 177,2 milhões.

Neste modelo se Rodgers recebesse 20% do teto da equipe, ele teria um reajuste de U$ 2 milhões de uma temporada para outra, aumentando consecutivamente de acordo com o tempo de contrato que ele assinar. Nesta crescente, se ele assinasse um contrato de 5 anos, poderia chegar ao seu quinto ano ganhando U$ 10 milhões a mais que em seu primeiro ano. Vai prejudicar o time deixar 20% de seu teto “morto” para pagar Rodgers? Sim, mas estamos falando de Aaron Rodgers, um dos melhores quarterbacks da liga e futuro Hall da Fama.

Hail Mary Football

A outra forma especulada é mais tradicional, como aconteceu com Kirk Cousins, que assinou um contrato de U$ 84 milhões por 3 anos com todo o valor garantido. Se isso acontecer é especulado que Rodgers peça ao menos U$ 35 milhões por ano, já que o quarterback e seus agentes deixaram claro que ele será o maior salário da NFL.

Ainda é cogitada o pagamento via participação nos lucros brutos da equipe, uma vez que em seu último balanço financeiro o Packers acusou um lucro muito alto. Rodgers é a “cara” da equipe de Winsconsin e também é ventilada a hipótese dele receber – além de um asalário – participação nos lucros da equipe.

Na tarde de ontem o quarterback falou a respeito com a imprensa, deixando claro que não quer prejudicar a equipe. O assunto é delicado, uma vez que com Rodgers o Packers é com certeza um favorito sempre, porém sem dinheiro para bancar salários de outros atletas o nível da equipe pode decair.

“Eu não estou tentando prejudicá-los”, disse Rodgers“Isso é uma parceria. A melhor maneira de isso funcionar é estarmos juntos nisso. Se você perguntar a equipe sobre o último contrato que fizemos, e se você me perguntar, os dois lados vão falar que estão felizes. Eles me pagaram muito dinheiro e nunca tiveram um ano de salário maior. Estamos lado a lado buscando o melhor para ambos.”

A NFL está inflacionando muito e o novo contrato de Rodgers pode trazer uma inovação para os métodos de pagar na liga. Agora resta aguardar para sabermos como será o novo contrato de Aaron Rodgers com o Green Bay Packers e principalmente, como isso vai afetar os novos contratos da NFL.

Posts Relacionados

Ainda existe esperança em Indianapolis Nesse domingo tivemos pela semana 9 um grande jogo no Lambeau Field, o Indianapolis Colts precisavam desesperadamente de uma vitória para manter a tem...
Osweiler comanda Texans em primeira vitória Parece que o investimento de 72 milhões de dólares em Brock Osweiler está dando resultado. Logo na estreia o quarterback do Houston Texans fez um jogo...
Aaron Rodgers diz se sentir melhor que nos últimos... O quarterback Aaron Rodgers é um dos grandes astros da NFL atualmente e considerado por muitos o grande quarterback da liga nas últimas temporadas. E ...
Michael Vick vai assinar contrato de um dia Um dos quarterbacks mais emblemáticos da década passada e mais polêmico também está voltando à NFL, porém por apenas um dia. Trata-se do quarterback M...
Cirurgião de Bridgewater: “Parecia um ferime... Teddy Bridgewater vem sendo o grade assunto da NFL nesta pré-temporada. Depois de ficar quase dois anos sem jogar e de ter sua carreira praticamen...
A melhor dupla de cornerbacks está em New England?... Depois de muito se falar a respeito de uma negociação envolvendo Malcolm Butler, o jogador voltou a treinar com o New England Patriots. E uma vez que ...
Leopoldo Scremin

Leopoldo Scremin é jornalista com passagem por diversas plataformas de comunicação (rádio, jornais e televisão).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 

Entre Jardas | Futebol Americano BR - 2014