Acusações de doping ainda assombram a NFL

Acusações em documentário da Rede Al Jazeera, ainda repercutem na liga.

A principal liga de futebol americano dos Estados Unidos foi surpreendida por um documentário da rede Al Jazeera, chamado “The Dark Side”, afirmando que muitos atletas americanos, principalmente na NFL e MLB (principal liga de baseball do país),teriam feito uso de substâncias proibidas entre 2011 e 2014,  com o objetivo de aumentar seu desempenho nos treinos e jogos, entre eles se encontram grande estrelas da liga e vencedores do Super Bowl como Peyton Manning e Clay Matthews.

A reportagem gira em torno de um ex-funcionário de uma clínica em Indiana, nos Estados Unidos, chamado Charles Sly. Hoje farmacêutico, Charles foi entrevistado pelo atleta inglês Liam Collins, que disfarçado, buscava informações sobre hormônios de crescimentos, chamados nos EUA de HGH. Charles confirmou que ajudou vários atletas, através do tratamento intravenoso com o hormônio que é proibido na liga desde 2011, entre eles fez questão de citar Clay Matthews, Julius Peppers e Mike Neal, do Green Bay Packers, Dustin Keller, atualmente sem clube, além de Manning. Charles afirmou que com estes medicamentos, qualquer atleta mediano se tornaria um verdadeiro campeão.

Um dos jogadores de defesa mais importantes da liga, Clay Matthews veio a público se defender, já que na reportagem também é citado por Charles por usar analgésicos proibidos pela liga, como o Percocet e Toradol, segundo o #52 “é uma informação 100% fabricada e falsificada”. Outra droga citada como muito usada na NFL é o Delta-2, que segundo o documentário, teria sido usada por Julius Peppers, Mike Neal, Dustin Keller e James Harrison.

Peyton e a repercussão: Atualmente se recuperando de uma lesão, na sideline do Denver Broncos, Manning declarou a reportagem da ESPN americana que está enojado, já que além de infundadas, as acusações envolvem sua esposa e seu histórico médico, que deveria ser sigiloso. No documentário, Charles Sly afirma que depois que o quarterback sofreu as cirurgias no pescoço em 2011, ele recebia o HGH para acelerar sua recuperação, sempre em nome de sua esposa Ashley. Manning é considerado um dos maiores quarterbacks de todos os tempos, símbolo de um geração e um verdadeiro modelo do herói americano de conduta exemplar, dentro e fora de campo e por isso tem recebido apoio de várias figuras importantes da NFL.

Leia também -   New England Patriots e Seattle Seahawks no SNF - Jogo ou campeonato?

Tom Brady defende Manning: O quarterback do New England Patriots, fez questão de afirmar que Peyton tem seu total apoio, e que sempre foi um dos melhores jogadores da liga, tanto física quanto psicologicamente. Com a manifestação,  além de reforçar a figura de símbolo do esporte que Manning sempre foi, Brady retribui apoio que recebeu de Peyton no início do ano, quando foi acusado de participar de um esquema para murchar bolas, facilitando o jogo para o seu time contra o Indianápolis Colts, o já famoso Deflategate.

]]>

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.