As bruxas de Blair!

Kicker do Minnesota Vikings Blair Walsh erra field goal facílimo nos últimos segundos, e joga classificação fora. Inacreditável o que aconteceu no jogo entre Seattle Seahawks e Minnesota Vikings, pela rodada do Wild Card da Conferência Nacional. Depois de um jogo muito fraco, em que os ataques não conseguiram suplantar as defesas, o kicker Blair Walsh, do Minnesota Vikings, teve em seus pés a chance de classificar seu time a apenas 26 segundos do fim, mas errou um field goal facílimo de 27 jardas, e “chutou” para longe a classificação para o “Divisional Round”. O Seattle Seahawks venceu por magros 10-09, e mantém vivo seu sonho de chegar ao terceiro Super Bowl seguido. O jogo: Com as defesas suplantando os ataques desde o início, tanto a principal estrela do Vikings, Adrian Peterson, quanto o quarterback Russel Wilson do Seahawks não fizeram nada no primeiro tempo. Wilson sofreu muito com a linha defensiva do time de Minnesota, e seu time foi para o intervalo sem pontuar. O time do quarterback Teddy Bridgewater também não fez muito mais que isso, marcando apenas um field goal com Blair Walsh, de 22 jardas. No segundo tempo o time de Minnesota marcou mais duas vezes, ambas com field goals de Walsh, e chegou a abrir 9-0 em cima do Seahawks, e quando Russel Wilson foi interceptado, parecia que o time de Seattle estava entregue. Mas depois de um ótimo drive de Wilson, Doug Baldwin marcou os primeiros pontos do time de Seattle, que continuava atrás no placar. E quando o apagado Adrian Peterson sofreu fumble na linha de 40 jardas, e algumas jogadas depois Steven Hauschka acertou um field goal de 46 jardas, a apenas 2min33 para o fim do jogo, todas as atenções vieram para Bridgewater e seu ataque. O quarterback do Vikings não deixou por menos, colocando seu time em posição de chutar o field goal de 27 jardas, e vencer o jogo. Mas inacreditavelmente, o kicker Blair Walsh errou o chute que classificaria seu time, se tornando o grande vilão da tarde de domingo.

Leia também -   Defensor dos Seahawks só quer negociar fim dos protestos se Kaepernick conseguir um time
Notas: Alguns vão dizer que a culpa foi do snap que saiu errado na hora do chute, outros vão culpar a baixa temperatura, que chegou a -20° em Minnesota, mas a grande verdade é que responsabilidades não podem ser transferidas, e Walsh foi o grande culpado. Adrian Peterson, grande estrela do Vikings também não esteve bem, conquistando apenas 45 jardas na partida. Russel Wilson, quarterback do Seahawks, apareceu na hora certa, e com grandes conversões de terceira descida no último quarto deu números vencedores a seu time. Outo destaque do time de Seattle foi Michael Bennett. Agora o Seattle Seahawks enfrenta o Carolina Panthers, melhor time da liga na temporada regular, com apenas uma derrota, pelo “Divisonal Round”. E se a sorte sorrir novamente para o time de Russel Wilson, Cam Newton terá que jogar muito para que o Seattle não chegue novamente a uma final de conferência.]]>

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.