Jets apresenta novos uniformes, confira:

A noite de ontem foi de novidades em Manhattan. Numa festa que juntou atletas novos e antigos da franquia vencedora do Super Bowl III, ao som de “Walk” do Pantera os novos uniformes da equipe foram apresentados. E com muitas novidades.

A equipe havia mudado pela última vez seus uniformes em 1998, desde então as únicas novidades foram no color rush, que as franquias eram obrigadas a usar até a temporada 2017. No ano passado estes modelos se tornaram opcionais.


E buscando um novo momento, uma vez que a equipe mudou seu treinador, conta com um quarterback em seu segundo ano e trouxe vários atletas bons, a ideia é inovar e mudar a fase que não é boa. Pelo menos é assim que pensa Jamal Adams, safety e um dos melhores atletas da equipe.

“É algo que esse time precisava. Obviamente, os últimos anos não foram bons. Para ter algo novo, um novo começo, acho que é exatamente o que precisávamos”, disse Jamal na festa de ontem.

A primeira grande mudança é nos capacetes, que deixam de ser brancos e se tornam verdes metálicos. A referência é o que a equipe usava de 1978 a 1997, porém sem o “JATO” acima do nome da equipe.

Na camisa mais mudanças. O nome “New York” agora está estampado no peito, acima do número. Pela primeira vez a franquia faz isso. E é uma decisão arriscada, uma vez que a equipe fica localizada em New Jersey e a grande base de fãs na cidade se localiza exatamente nas regiões metropolitanas de New York.

Outra novidade no uniforme são as listras nos ombros. Aquelas que remetiam ao Super Bowl III foram retiradas, com uma nova faixa – que segundo a Nike simboliza a marca que um jato deixa no ar – vem do ombro até o início do ombro. Esta mesma listra é encontrada nas laterais das calças. A fonte dos números também mudou, com números menos tradicionais que os usados antigamente.

Leia também -   Conheça o defensor que fez a diferença na partida de ontem

E por fim um terceiro uniforme, que deve ser utilizado ao menos uma vez na temporada. Diferente de outros anos a equipe adotou o preto com o verde metalizado, dando mais modernidade e prometendo sucesso de vendas. Os números continuam brancos, com as faixas em verde, combinando com o capacete.


Enfim, uma nova era em New York. Com Adam Gase e Gregg Williams comandando os dois lados da bola, agregados aos novos destaques CJ MosleyLe’Veon Bell, a equipe espera sair do marasmo e após três temporadas conseguir ao menos números positivos, uma vez que desde 2015 não consegue mais vitórias que derrotas na NFL.

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.