Draft 2019: Quais quarterbacks devem jogar em 2019?

O Draft 2019 no total teve onze quarterbacks escolhidos, sendo três deles na primeira rodada. Uma escolha de segunda rodada também chama a atenção e talvez se as necessidades das franquias fossem outras, ele estaria neste bolo.

Então vamos falar a partir de agora quem deve jogar nesta temporada e em quais condições. Vamos lá:

Kyler Murray:

Por mais que Kliff Kingsbury não tenha o confirmado como titular (ao contrário do gerente geral Steve Keim, que disse publicamente que ele é o titular), é praticamente surreal imaginar o Arizona Cardinals começando a semana 1 com Brett Hundley como titular da franquia. E os motivos são vários.

Primeiro que a equipe já tinha um titular e trocou-o após escolher Murray como primeira escolha geral de 2019. E não para por aí. Hundley só foi titular na NFL quando Aaron Rodgers se lesionou em 2017. Não tem condições de disputar posição com um franchise quarterback.

Paralelo a isso, Murray tem uma familiaridade com o esquema de jogo de Kingsbury, que não deve mudar muito, uma vez que chegou à NFL através dele. Some-se isso a Murray ter jogado em sistema de progressão com Kingsbury e no Air Raid em Oklahoma e a matemática fecha. Ele vai sofrer um pouco, mas o Cardinals tem que ser paciente para que ele aprenda. Com certeza irá ser o titular.

Dwayne Haskins:

Aqui temos uma situação um pouco diferente do Cardinals. O Washington Redskins trouxe Haskins para ser o seu franchise quarterback. No entanto, tem Case Keenum no seu elenco e ainda Colt McCoy, que assumiu a titularidade após a lesão de Alex Smith.

Jay Gruden disse esta semana que quer dar mais trabalho e tempo a Haskins, sem antecipar etapas. Assim, o calouro deve assistir do banco Keenum ser titular pelo menos na primeira metade da temporada. Se estiver preparado – e a equipe perdendo – joga este ano. Senão será como o Chiefs fez com Patrick Mahomes, onde ele só foi titular na semana 17 em seu primeiro ano de liga.

Leia também -   Após concussão, Myles Garrett volta aos treinos nos Browns

Daniel Jones:

O New York Giants já declarou que Eli Manning será o titular neste ano. Eli merece pelo que fez dentro da franquia e, aos 38 anos, irá se aposentar ao fim da temporada. É até óbvio que será melhor Jones ficar na sideline e assistir o titular.

O vizinho Jets tentou antecipar etapas com Sam Darnold e teve que colocá-lo na reserva com o pretexto de uma lesão para não “queimar” o jovem. Voltou melhor depois de assistir Josh McCown comandar a equipe.

E aqui o panorama é este. Um quarterback que pé uma lenda na franquia precisa encerrar a carreira com dignidade. O calouro precisa aprender e – depois de se desfazer de grandes atletas – o time não tem a obrigação de ganhar. E podem anotar: se Eli sofrer uma lesão, com certeza equipe vai atrás de algum agente livre para assumir a titularidade. Jones só deve jogar na semana 17.

Drew Lock:

Se Drew Lock for muito bem nos treinamentos e se provar um quarterback de NFL, deve assumir a titularidade no ano que vem. Se não evoluir tão rápido, Joe Flacco ainda será titular em 2020. Ao contrário de Eli Manning, Joe Flacco ainda tem “lenha para queimar” e o Broncos irá se aproveitar disso.

Lock terá chance de aprender por trás de um vencedor de Super Bowl. Se Flacco vai dar toda a atenção ao jovem, isso não sabemos. Ms com certeza Lock chega para ser um quarterback no futuro e não agora. Tanto que o Broncos demonstrou ter outras prioridades no Draft 2019. Vic Fangio também não deu muita importância ao jovem nos primeiros treinos, então ele deve esperar.

Leia também -   Análise do Draft, Offensive Line: Forrest Lamp

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.