Quatro quarterbacks que devem ser dispensados

A pré-temporada está quase chegando e alguns atletas terão seu “Super Bowl” no training camp de 2019. permanecer na lista e jogar a temporada é de suma importância para quatro quarterbacks que tiveram certo protagonismo no passado e hoje estão próximos de uma dispensa.

Cada um com suas histórias e lutas. Um deles é bem veterano. Outro, em um ano deixou de ser o “futuro titular” para se tornar dispensável. Vamos contar a história de quatro quarterbacks que definem seu futuro na liga antes de setembro.

Geno Smith luta para ficar no Seahawks:

Geno Smith tem uma história bem peculiar na NFL. Chegou ao Jets após uma queda absurda de rendimento de Mark Sanchez, que havia levado a equipe para duas finais de conferência em seus dois primeiros anos.

Desde que chegou se mostrou ser péssimo com as palavras. Primeiro, após cair para o segundo round no Draft 2013 chegou à equipe criticando sua queda. Em sua primeira temporada foi fraquíssimo, terminando com 21 interceptações contra apenas 13 passes para touchdown.

Após isso, nunca mais conseguiu se firrar na equipe, ficando por duas temporadas na reserva de Ryan Fitzpatrick. Depois passou pelo Giants e Chargers, sempre sem protagonismo nenhum. Foi contratado pelo Seahawks este ano para disputar posição com outro nome desta lista. E pasmem, os insiders dizem que ele será um dos primeiros cortes da equipe.

Paxton Lynch e a última chance:

Paxton Lynch está tendo sua grande chance no Seahawks. Depois de ser dispensado pelo Broncos, foi contratado no início deste ao pelo time de Seattle para ser reserva de Russell Wilson. Ele disputa a vaga com Geno Smith.

Leia também -   Indo para 22ª temporada na NFL, kicker fala sobre longevidade: "Sem biscoito"

O mais estranho disso tudo é que ele é uma escolha de primeira rodada do Draft 2016. Pete Carroll acredita no seu talento e ele pode ser colocado no practice squad se chegar mais algum nome para a posição. No Broncos perdeu a posição até para Chad Kelly, então terá que fazer muito para estar na lista dos 53.

Kyle Lauletta e a prisão que mudou tudo:

Muitos vão se lembrar que na semana de bye da temporada passada, Kyle Lauletta chegou a treinar entre os titulares do Giants. Era esperado que Eli desse o lugar a ele para que o jovem calouro fosse testado.

Porém, no início da semana em questão, ele causou um acidente de carro em New Jersey e acabou preso. Dali em diante sua vida nunca mais foi a mesma. O Giants trouxeram Daniel Jones e ele está disputando a posição de “número 3” com Alex Tanney. Lauletta é o “azarão” na disputa.

Cardale Jones e mais uma dispensa a vista:

Quando o Chargers decidiu deixar Geno ir embora e ficou com Cardale Jones, muitos pensavam que o jovem teria chance de ficar na reserva de Philip Rivers. Logo a equipe anunciou Tyrod Taylor e as coisas estão cada vez mais difíceis para ele.

Quando aconteceu o Draft 2019, suas chances de continuar empregado praticamente sucumbiram. O time de Los Angeles pegou na quinta rodada o quarterback Easton Stick, que deve ficar como terceira opção do time da AFC Oeste. Só uma lesão de um colega salva o emprego de Cardale.

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.