A volta da Legion of Boom?

Quando foi anunciada a troca de Jedeveon Clowney com o Seattle Seahawks os especialistas ficaram atônitos. Não pela saída do defensor do Houston Texans, mas pela capacidade de reinvenção da equipe de Seattle.

John Schneider realmente se superou nesta temporada. Após abrir mão de Frank Clark, a defesa parecia que iria despencar e nem de perto parecer competitiva. Veio Ezekiel Ansah e isso foi amenizado um pouco, porém, com a chegada de Clowney o Seahawks com certeza sobre de padrão. 

E o mais impressionante não foi a troca em si, mas o preço pago pelo jogador que vem de 18,5 sacks nas duas últimas temporadas. Para se ter uma ideia, esta marca é superior aos pro bowlers Aaron DonaldCam Jordan e Chandler Jones. O Seahawks pagou apenas uma terceira escolha + Barkevious Mingo e Jacob Martin

Clowney formará uma defesa que contará com Clowney, Ansah e Jarran Reed pressionando o quarterback adversário (Reed só joga na semana 7). Completando o front seven teremos Poona Ford, Bobby WagnerKJ Wright e Mychal Kendricks. Sem sombra de dúvidas uma das melhores formações da liga. 

Só não podemos colocar a defesa como top 5 da liga devido a linha secundária. Com jogadores jovens, ainda não dá para saber se eles corresponderão a expectativa de Pete Carroll. Será interessante ver isso.

Vale lembrar que há cinco anos Pete Carroll montou uma secundária apenas com escolhas baixas de Draft e montou segunda linha espetacular. Ali nascia a última versão da Legion of Boom, que levou a equipe a dois Super Bowls, vencendo um e perdendo o outro em uma jogada desastrosa do ataque.

E se Clowney não encaixar na equipe, tudo bem. Pois ele tem contrato de um ano e, se virar agente livre, o Seahawks vai receber uma escolha compensatória mais alta ou igual a que deu para o Texans por ele.

Leia também -   Livro fala sobre insatisfação de Brady com Belichick

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br.

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.