Opinião: “Balde de água fria” para os fãs do 49ers

Não me perguntem de onde vem a expressão “foi um balde de água fria”. Confesso que fiz algumas buscas no Google para trazer a história – que deve ser pitoresca – do início do uso desta expressão. Mas o significado é óbvio: estragar expectativas, arruinar, decepcionar.

Confesso que não tenho 100% de certeza que os fãs do San Francisco 49ers no Brasil estão tão decepcionados, afinal, a equipe perdeu a primeira na temporada apenas na semana 10.

O narrador da ESPN Brasil, Everaldo Marques, uma hora tentou “desabonar” as oito vitórias que o Niners conquistaram até ontem. Logo foi repreendido pelo comentarista Paulo Antunes, que com muito mais “cultura americana” disse que simplesmente “vitória na NFL é vitória, independente de contra quem”.

O jogo foi emocionante, ótimo pelo lado das defesas e os ataques até que apareceram bem. Decidido por um field goal para fora de um kicker que chegou à equipe no início da semana, o duelo da NFC Oeste mostra que ambos chegarão aos playoffs. Ontem foi uma partida digna de playoff.

Então porque estamos falando que a derrota foi “um balde de água fria” nos fãs do Niners. O primeiro motivo é exatamente este: perder em casa para um rival de divisão. No papel o Seattle Seahawks é inferior ao Niners.

No papel, pois em campo ontem mostrou muita qualidade de alguns atletas que até o início da temporada eram desconhecidos. Falar que Russell Wilson foi bem é “chover no molhado”, ele é um dos melhores da liga há alguns anos.

O ponto principal para citarmos o ” balde de água fria” é o ataque de Kyle Shanahan e, principalmente seu quarterback, Jimmy Garoppolo. Para se ter uma ideia da partida que fez, ao final do jogo dois comentaristas americanos não pouparam críticas a ele, chamando-o de “elo mais fraco” da equipe de San Francisco.

Leia também -   O maior bazar de Green Bay

É até surreal ver um comentário destes, não é mesmo? A equipe estava 8-0 e na primeira derrota os insiders americanos já querem promover uma caça as bruxas. Contudo, revendo o jogo de ontem dá para perceber que o ataque do Niners e principalmente Jimmy Garoppolo não estavam bem.

Só no último quarto foram duas chances claras de interceptação. Ele sofreu um fumble que terminou em touchdown e mais um que colocou o Seahawks na red zone. Além disso, no primeiro tempo ele sofreu uma interceptação que foi anulada por uma falta que não interferia na jogada.

Em drives decisivos Garoppolo foi mal. Parecia ansioso, errava passes fáceis e jogava a bola em rotas com cobertura dupla (erros de leitura da defesa adversária). Enfim, para ter-se uma ideia de quão mal Garoppolo foi ontem, no site da ESPN Americana hoje um vídeo do pós-jogo tinha o título de “Jimmy G estava com medo de jogar com o Seahawks”. Em outro, “Jimmy G é o elo fraco do 49ers”.

E é isso que desanima os fãs da equipe de San Francisco. Perceber que Garoppolo não é tão bom quanto se imaginava. A defesa foi dominante e colocou a equipe em campo para vencer a partida com menos de 2 minutos no overtime. Porém, com um 3 & out após três passes horríveis de Garoppolo, o Seahawks teve a posse que lhe deu a vitória.

O 49ers é uma equipe ruim? Óbvio que não! Jimmy Garoppolo é um quarterback ruim? Óbvio que não. No entanto, ontem ele não mostrou ser o “clutch” que muitos imaginavam. E isto sim foi o grande “balde de água fria” nos fãs do time de San Francisco.

Leia também -   Wilson fica em Seattle até 2023

Quer comprar produtos originais da NFL no Brasil? Acesse www.firstdown.com.br.

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.